sábado, janeiro 16, 2010

troquemos as pétalas...

Nesta tarde,
invernosa, fria...

Ofereço-te as cores
do meu sentir

Da minha pele
uma flor,
que se abra em tuas mãos
a doce melodia
desta música suave
que soa por dentro

Resvalam sentimentos...

De meu jardim ofereço-te
pétalas,
aromas,
cores,
segredos ocultos,
pedaços de vida...

Recostada no regaço da tarde,
deixo que resvalem
como pétalas...
inocentes,
(nem tanto)
ardentes,
ternas,
atrevidas,
tristezas passadas,
alegrias futuras,
sonhos que se foram,
alguns ainda nem sonhados...

Desnudo
sentimentos,
anseios,
sonhos,
pele,
vida,
pétalas...

Desnuda-te tu também
de medos,
cicatrizes,
silêncios...

Que tal se
como melodia tocada
a quatro mãos
recolhermos as tuas pétalas,
as minhas,
e ao entrelaçar pétalas,
vidas,
corpos
trazemos um pouco de Primavera
a esta tarde tão fria,
a este Inverno
tão...
Inverno...
BEIJO MEU PARA TI!
BEIJOS!!!

22 comentários:

Anónimo disse...

Oi!
Seja bem Aparecida!
Lembre não há Invernia nem frio quando o Sol brilha dentro de você.

Betty

helia disse...

È agradável trazer um pouco de Primavera numa tarde fria e chuvosa...Belo Poema!

Lilá(s) disse...

Que lindo poema para dar cor ao cinzento de um sábado de Inverno!
Bjs

Agulheta disse...

Querida Papoila.Foi bom ler um belo poema,com um leve sorriso a primavera,mesmo que continue chuvoso.Gostei de te ver por aqui novamente.Beijinho para este campo de papoilas.bfs
Lisa

Ana Martins disse...

Amiga Papoila,
seja bem-vinda, já tinha saudades suas, mas o que importa é que no seu regresso nos brindou com um poema maravilhoso.

Beijinhos,
Ana Martins

Isamar disse...

Mais um poema muito bonito como tu tão bem sabes fazer.
Espero ansiosa pela Primavera e aqui deixaste-me um bocadinho dela.
Bem-hajas!

Beijinhos

Å®t Øf £övë disse...

Papoila,
Está bonito este convite feito poesia para uma tarde de amor, carinho, e entrega.
Bjo.

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Sarava!

Ai que vontade dessas cores e da Primavera!

beijinhos

Å®t Øf £övë disse...

Papoila,
Passei por cá para te deixar um beijinho.

Peter disse...

Temo-nos encontrado no FarmVille que nos rouba muito tempo, mas diverte e possibilta-nos uma imensa possibilidade de contactos a nível mundial.
Podes publicar lá os teus versos, como faz a Menina Marota.

Que tenhas uma boa semana!

Zé Povinho disse...

Bonito desejo de partilha de sentimentos.
Abraço do Zé

Manuela disse...

Amiga tem um presente para si no meu blog.
Deixo um carinho de amizade.
Bj
Manuela

http://www.simplesmentemanuela.com

Å®t Øf £övë disse...

Papoila,
Deixo-te um beijinho, e os desejos de uma boa semana para ti.

tibeu disse...

Minha amiga Papoila, lindo este teu poema, sentido e quente mesmo sentido o frio. O amor aquece sem duvida. Espero que tudo esteja a correr bem bj grrrrrrrrrr

oteudoceolhar disse...

Haveria alguma dúvida de que ao fim de tanto tempo eu viria a encontrar a minha papoila de um outro modo que não doce? Mais um terno poema que leio, deixando como sempre um beijo n´oteudocoelhar *** Bom te rever e ler * voltarei como sempre faço **

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Papoila, belo poema...Espectacular....
Beijos

Brancamar disse...

Tocante poema de amor, Papoila, como todo os que fazes.
Que essa Primavera em pleno Inverno se eternize.
BEijinhos
Branca

aflordapele disse...

Nada como sentimentos doces para aquecer um dia de Inverno:)
Lindo o poema...

tulipa disse...

Gosto de ler as tuas poesias,
mas...quando brinco com as palavras,
na tentativa de fazer algo,
as palavras saem-me de forma bem diferente.
Porque será?
Eu...até sei.
É preciso vivenciar aquilo que se escreve, sentir cá dentro o que passamos através dos sentimentos, e...nesse aspecto cá dentro está tudo muito negro.

Como eu gostaria de dizer:
Penso em ti
e, sempre que o faço
torna-se mais suave a solidão…
Tu representas cores alegres
que pintam os segundos do meu viver
E decoram a minha alma
e o brilho no meu olhar.

Boa semana.
Tenho um desafio num dos meus blogues, se quiseres participar, fico feliz e à tua espera.

Brancamar disse...

Cá estou de novo, um pouco ausente, mas sempre presente...
Beijinhos
Branca

mixtu disse...

bem aparecida e num momento lindo da minha vida...
que venha a primavera, embora eu me apaixone tb no inverno...
yaya

abrazo serrano

tulipa disse...

Volto a visitar-te, mas...estás ausente!!!

Encontrei uma "casa amarela" que depois descobri ser algo muito interessante e sobre alguém a quem faço uma justa homenagem, quando passam 104 anos do seu nascimento.
Quer descobrir quem é?

Bom fim de semana de Carnaval.
Excelente "Dia dos Namorados".
Beijinhos.