domingo, março 21, 2010

Sonho encantado


Escrevo... mas as letras esgotam-se e não encontro mais palavras... nem aquele beijo para ocasiões especiais... nem a queda desordenada de meus cabelos no rosto... não encontro nada... Procuro aqui e ali e nada… De súbito surge uma ideia…aninhar-me num ninho de andorinhas... dormir com o trinado dos rouxinóis acariciar-me com um raio de sol ... num desmaio prolongado... assim como o da princesa Aurora ... Aí vou encontrar-te ... entre o Verão e o Outono... entre o mar e a terra ...entre a ausência e a presença... no meu colo... chegou a Primavera...

BEIJO MEU PARA TI!

BEIJOS!!!

17 comentários:

Ana S disse...

Olá Papoila! chegou a primavera em grande com dias de sol (e de chuva) e muito pólen no ar (e eu não consigo parar de espirrar loool). apesar disso gosto desta época sim.
Beijos

mixtu disse...

primavera...
curioso, sou de dar colo, era...
agora recebo colo

é bom...

muito bom...

mesmo bom...

parabens, soube pela ana S

abrazo serrano num tribunal, yaya

Brancamar disse...

Olá Papoila,

E que bem que chegou a Primavera nesse desmaio prolongado e terno.
Para mim a Primavera chegou junto ao mar, o mar da Granja, nesta cidade que temos aqui ao lado, em temperatura amena e o sol a espelhar na água.

Uma boa semana para ti.
Beijinhos

Valéria Gomes disse...

Neste caso:
Feliz primavera, para ti!!!
Acho que cheguei junto com ela.


Muitas e lindas flores!!!

:) :) :)

helia disse...

Que bom , chegou a Primavera! E com ela parece que os dias têm mais côr e luz, embora por vezes surjam nuvens ameaçadoras!Mas a Primavera é uma estação do ano muito bonita e que nos traz esperança e alegria! E bonita é também esta Prosa sobre a Primavaera! Obrigada pela partilha.

Agulheta disse...

Papoila. Venho tarde,ela já passou não à muitas horas,mas deixou um simples sorriso do sol,o cantar dos pássaros nos beirais,e as flores a quererem despertar nas árvoes.
Beijinho o melhor Lisa

Zé Povinho disse...

Chegou a Primavera, venha a cor e o Sol para nos aquecer o espírito.
Abraço do Zé

tibeu disse...

Adoro a primavera, mas nem tenho tempo pata ver até ao compo da papoila, tenho a minha sogra hospitalizada e muito doente. beijokas no teu coração minha amiga

Å®t Øf £övë disse...

Papoila,
Espero e desejo que com a chegada da Primavera floresçam também as tuas palavras por aqui.
Bjo.

Brancamar disse...

Volto por aqui para te reler e reli como se fosse a primeira vez o texto poético que nos deixaste e vi as papoilas que adoro. Cresci perto de campos com papoilas e via-as nascerem na berma da estrada.
Vir aqui é também recordar a infância.

Deixo-te beijinhos
Branca

Secreta disse...

Chegou a Primavera, e com ela a esperança do renovar dos sentires.
Beijito.

Sonia Schmorantz disse...

Páscoa...
É ser capaz de mudar, 
É partilhar a vida na esperança, 
É lutar para vencer toda sorte de sofrimento.
É ajudar mais gente a ser gente, 
É viver em constante libertação, 
É crer na vida que vence a morte.
É dizer sim ao amor e à vida, 
É investir na fraternidade, 
É lutar por um mundo melhor, 
É vivenciar a solidariedade.
É renascimento, é recomeço, 
É uma nova chance para melhorarmos 
as coisas que não gostamos em nós, 
Para sermos mais felizes por conhecermos 
a nós mesmos mais um pouquinho. 
É vermos que hoje...
somos melhores do que fomos ontem.
Feliz Páscoa!
Um abraço

elvira carvalho disse...

Muito bela a sua prosa poética. Como sempre. Deixo um abraço e votos de Feliz Páscoa

Ana Martins disse...

Boa noite Papoila,
mudei o layout do meu blogue e perdi o nome do seu, não me pergunte como aconteceu porque não sei. Bom mas o que importa é que cheguei cá de novo. Espero que tenha passado uma Pascoa muito feliz com toda a família e o pequenino Tomás.

Beijinhos,
Ana Martins

Å®t Øf £övë disse...

Papoila,
Venho desejar-te um bom fds, e deixar um beijinho.

Cata- Vento disse...

Finalmente, tão desejada, tão esperada ei-la de novo coberta de flores, de trinados, de sol , de aromas...
Um belo texto, Papoila, como costumam ser os textos que nos escreves.

Bem-hajas!

Beijinhos

Å®t Øf £övë disse...

Papoila,
Deixo-te um beijinho de saudade.