segunda-feira, julho 09, 2007

As 7 Maravilhas da Blogosfera e Meme...

Numa iniciativa da 100 Sentidos do blogue O Sentido das Coisas foi feita uma votação e A Papoila com 10 votos foi a ultima das 7 Maravilhas da Blogosfera.
A quem votou em A Papoila e a todos os amigos que comentam ou visitam, Bem Hajam. Ao meu amigo a quem ele é dedicado, o meu “muso” inspirador, um grande beijo. Os meus Parabéns aos vencedores:


O Alquimista (20 votos)




O Jumento (11 votos)

O CONTRABLOG (11 votos)






Das queridas amigas Maria Elisa e Ana S. recebi este meme relacionado com família.
Vou falar-vos do meu tio Bau, e do papel que ele representou no que vivemos juntos. Melhor ainda, falar-vos do que dele fruí, através da lição constante da sua conduta diária, que continua viva em mim.
Cada um de nós tem na sua vida, tal qual um navio, um livro de bordo onde regista os pequenos e grandes acontecimentos do seu roteiro... A nossa memória conserva o rasto dos dias passados, e regista-os nesse livro… Registam-se os acontecimentos que dão consubstancia aos factos a que chamamos realidade, mas muito mais importantes são as pessoas que connosco os contracenaram, e é sempre com íntimo prazer que o reconhecemos. No instante em que a vida me pregou a partida de me obrigar a assinar a certidão de óbito do meu tio, naquele momento, morria um pedaço de mim...mas o meu veleiro prosseguiu viagem, e só inteiro o poderá continuar a fazer. Falar-vos do Bau, é falar do meu assumido pai, que na sua humildade peculiar, sempre se remeteu ao papel de tio enquanto engrandecia a figura do meu verdadeiro pai, que me ensinou a venerar. O Bau, amava a vida como um valor sagrado e absoluto, com um ardor ingénuo e infantil, que, como nos diz Eugénio de Andrade, a cada instante nos fazia regressar àquela terra mítica sem fronteiras de onde somos expulsos cedo demais - a nossa infância. O Bau, no seu contacto com todos os miúdos que o conheceram, tinha o privilégio de saber regressar ao "país do faz de conta", despido de qualquer artifício, inteiro, verdadeiro, pela sua relação com o Mundo que se mantinha natural, no que de mais elevado existe na natureza humana, a simplicidade. Este seu relacionamento com o Mundo, não visava vir a adquirir qualquer concretização exterior, mas baseava-se na sua compatibilidade inata com a natureza e os homens, isenta de auto ilusão e perfídia. O Bau, em todos esses momentos não foi um cúmplice crescido, mas um menino grande, que sabia coisas que os meninos precisam aprender... E naquelas longas passeatas a pé, ou de automóvel (arredados das odiadas auto-estradas) havia sempre lugar para mostrar um fóssil, uma árvore, um mirante, uma estátua, um artesão, um livro, um monumento, um quadro, um bichinho. Regressado a um confiante estado infantil, que aflorava à sua superfície sem qualquer fabricação consciente, transmitia-nos facilmente o valor fundamental do exercício da verdadeira Democracia, a livre discussão das ideias. Agora, aqui, de volta desse reino da infância que o Bau deixou gravado em mim, cito de novo o poeta:



"Para que estrela estás crescendo, para que estrela matutina? Diz-me, diz-me ao ouvido, se é tempo ainda, eu e essa nuvem, essa nuvem alta, de irmos contigo!" (Eugénio de Andrade)



PARA TI UM BEIJO MEU!


BEIJOS!

25 comentários:

Sandecida disse...

Ola

parabens... muitos parbens pelo merecido lugar no "pódio", é mesmo muito merecido, parabéns...

gostei do teu meme... bonito como sempre...

bjos sempre doces

markus disse...

Que espaço tão agradável...Parabéns.“Tenho o coração granitado e fresco...Pintado pela noite…”
Um bom dia e boa semana ***

joão oliveira disse...

ola amiga Maria, os meus sinceros parabens por ser uma das 7 maravilhas da blogosfera
beijinhos e uma optima semana

brisa de palavras disse...

Parabéns pelo prémio e por teres um tio que sabia viajar ao país faz de conta.

um abraço
brisa de palavras

Peter disse...

Parabens pelo prémio. Mesmo que não te tivesse sido atribuido, és sem dúvida uma das "maravilhas da blogosfera".

Enternecedora a forma como recordas o Tio Bau. Há pessoas que marcam a nossa vida e recordá-las, como tu o recordaste, é a melhor homenagem que lhe poderias prestar.

P.S.-Tenho tido o PC avariado e estou a escrever-te num emprestado, portanto sem e-mail.

Isa&Luis disse...

Olá, amiga querida!

Vida

Por mais que sejamos cultos, por mais que mereçamos, jamais conseguiremos uma vida melhor enquanto não possamos imaginá-la e não permitamos alcançá-la.

Do livro Um de Richard Bach

Uma optima semana repleta de maravilhas.

Beijinhos

Isa

maria disse...

Amiga Maria Papoila muitos PARABÉNS pelo prémio!Um beijo de parabéns!

Mãe e filho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria Elisa disse...

Amiga Papoila. Quem mais do tu,para receber este prémio,pois um blog que fala de amor,só pode ser este. Amiga adorei o teu meme"com esta iterna lembrança do tio,pessoa de caráter simples e que sabia ensinar sempre alguma coisa.
Amiga Papoila adorei! beijinho de amizade.

Mãe e filho disse...

Parabéns papoila pelo premio de estar nas 7 maravilhas da blogosfera. realmente o teu blog é lindo e tudo o k escreves é divino.
A historia k nos contas tb é linda. muitos parabéns e um beijo enorme. Obrigada por me visitares.

ciloca disse...

Mesmo sem prémios, para mim serás sempre uma das melhores bloguistas. Desde a minha primeira visita que fiquei fâ. Não tenho aparecido ultimamente pois andei ocupada com o fim de ano lectivo aqui da jovem que irá candidatar-se a Arquitetura. Andei muito absorvida a acompanha-la.beijinhos

Cris disse...

Muitos Parabéns, não conhecia o teu espaço e gostei muito do que li.

Beijinho, voltarei

Cris

mixtu disse...

obrigado pelo beijo :)
e parabéns por seres uma das maravilhas, eu que bem que desconfiava que eras loira e de olhos azuis, yayaya
abrazo
meme? isso não é o que fazem as ovelhas?
abrazo

mixtu disse...

obrigado pelo beijo :)
e parabéns por seres uma das maravilhas, eu que bem que desconfiava que eras loira e de olhos azuis, yayaya
abrazo
meme? isso não é o que fazem as ovelhas?
abrazo

Meg disse...

Sinceramente, os meus parabéns.
Eu sabia que estava certa quando lhe ofereci o meu voto. Reconfirmo-o com estas breves, mas sinceras palavras.
Um abraço

Era uma vez um Girassol disse...

Muitos parabéns!
Estás muito bem acompanhada com bloggers de categoria!
Lindo o meme que escolheste.
Beijinho

Luisa disse...

Como todos os outros, dou-te os meus parabens pelo merecido prémio. E que ganhes muitos mais!
Quanto à história do tio achei-a deliciosa e comovente. Para mim são indispensáveis as pessoas que nos façam ficar sempre na infância. Nunca de lá deveríamos sair.

Belzebu disse...

Uma excelente surpresa e que justifica só por si a iniciativa! Os meus parabéns pelo prémio e pela qualidade do blog!

Um abraço infernal!

maria_maia disse...

Olá!
Esta minha visita é um
[CONVITE] para interagires no blog “vozesilenciadas”.

Aguardo-te
maria_maia :)

Maria Clarinda disse...

Milhões de beijos de Parabéns.
Adorei o teu meme deliciosa a história do Ti.

Rute disse...

Parabéns pelo prémio... :)
Bem emrecido... pois este teu campo florido é muito especial.
beijos e boa semana

J.G. disse...

Parabéns, papoila!

para quem, de início, recusou a minha nomeação, tendo eu mesmo chegado a pedir que fosse retirado o voto que lhe dera, antes da Papoila voltar a aceitar no dia seguinte, e eu ter que dizer que, afinal, já não deviam retirar o mesmo voto,ufa!... Que trabalheira!

Um bjnh.

serenidade disse...

Parabéns Papoila, é uma nomeação bem merecida.

O teu meme também é um "gene cultural" que deverá perdurar obrigada pela patilha. Quero viajar nas nuvems e "contigo" sonhar...

Serenos sorrisos

António disse...

Querida Papoila!
Um excelente texto este que dedicaste ao tio Bau e que tão bem soubeste recordar.

Beijinhos

AP disse...

Bjinhos, e parabéns, amiga
Fico muito contente por ti
E quem teve um Bau por perto, só podia ser como tu.
Que bom ter a tua amizade!