sábado, dezembro 06, 2008

Saudade

O ar da brisa traz notícias
do instante…

Supremo instante a
que todos somos vulneráveis.

O teu sorriso devasta as sombras;
afasta o tumulto das mariposas negras
que voam em redor na escuridão.
As estrelas afastam-se…

voo com elas
apago meu olhar …
reflecte no solo recordações que vagueiam
nesta estranha nave…
A agulha cansou-se de suturar as feridas

imobilizada pela ausência
das tuas palavras.
Saudade!
BEIJO MEU PARA TI!
BEIJOS!!


24 comentários:

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Sarava!


Mil beijinhos de saudade;)

Sophiamar disse...

Já tinha saudades dos teus poemas, das tuas palavras, da tua presença. És uma amiga, Papoila. O virtual tem destas coisas. Parecem inexplicáveis mas não o são.

Beijinhos

Bem-hajas!

Menina do Rio disse...

A saudade só é boa quando o suficiente pra saber que vamos vence-la...

Um beijinho pra ti

Mahira disse...

O depois da saudade, o reencontro é do melhor!

Zé Povinho disse...

Poesia sentida.
Abraço do Zé

elvira carvalho disse...

Nada envelhece mais do que a saudade. Ela corrói até as entranhas.
Um abraço e bom feriado.

Pico minha ilha disse...

Saudade, mais um de seus poemas que nos levam a pensar, saudade.Deixo um abraço com votos de bom feriado.Salomé

Ana Martins disse...

E a saudade transporta-nos a vários estados de alma, avivando as recordações!
Beijinhos

Agulheta disse...

A saudade por vezes é tão grande,que nos dói o coraçaõ e pensamento,adorei as palavras como sempre minha amiga.
Bom feriado,beijinho por seres como és amiga,mesmo sendo virtual eu gosto.
Da Lisa

Marisocas disse...

Olá!
Tudo bem?
Aqui estou eu para anunciar mais uma criatividade minha, a poesia. Passa em http://poesiademarisocas.blogspot.com/ e deixa um comentário.
Beijinhos grandes e Feliz Natal.

.*.Magia.*. disse...

Papoila, tens o teu campo marejado de saudade... das flores da Primavera :)

Beijos mágicos...

Å®t Øf £övë disse...

Papoila,
Já diz o ditado que as saudades não matam , mas vão-nos moendo. E é bem verdade.
Beijinhos.

Líria disse...

O seu blog é muito bonito.
Sei que costuma visitar o blog “A Casa da Mariquinhas”.
A Mariazita é minha colaboradora, assim como a Paula.
Gostaria de receber a sua visita no meu blog, que “nasceu “ no dia 1 deste mês.
Parabéns pelo seu blog. É muito bonito.
Bjs
Líria

suruka disse...

Ola
Saudade essa palavra cheia de magia.

bjs

Maria Clarinda disse...

Que saudades...tinha das tuas palavras de te visitar.
Jinhos muitos

Taliesin disse...

sentir saudades é bom mas ao mesmo tempo é muito ruim
beijos

Pena disse...

Fantástica Amiguinha:
Uma saudade linda. Pura. Que enternece.
Como é sensível e doce.
Com um poema sensível de maravilhar e arrebatar...
"...As estrelas afastam-se…
voo com elas
apago meu olhar …
reflecte no solo recordações que vagueiam
nesta estranha nave…
A agulha cansou-se de suturar as feridas
imobilizada pela ausência
das tuas palavras..."

Tão lindo que fascina.
Adorei, EXTRAORDINÁRIA amiga.
Beijinhos
Com respeito e poderosa estima pelo seu encanto.

pena (Memórias Vivas e Reais)

Imensamente carinhoso, meigo e repleto de ternura...Sublimes, a pessoa e o poema...
Bem-Haja, amiguinha.

Agulheta disse...

PAPOILA.PASSO PARA DEIXAR BOM FIM DE SEMANA.BEIJINHO

Sophiamar disse...

Amiga, desejo-te um bom fim de semana e aguardo um novo post. Um poema!

Beijinhos

Zé Povinho disse...

Passagem breve para desejar um bom fim-de-semana.
Abraço do Zé

P@tty disse...

OLÁ!!
ESTOU PASSANDO MUITO RAPIDINHO
PARA RETRIBUIR A CARINHOSA VISITINHA!!
DESCULPA O SUMIÇO, MAS A BARRIGA
PESA CADA VEZ MAIS E DÁ UMA MOLEZA...
FUI À CONSULTA E MINHA DANIZINHA ESTÁ
ÓPTIMA. FICO FELIZ E ALIVIADA, SÓ FALTA
SABER COMO ESTÁ MINHA ANEMIA E
ESSENCIALMENTE ESPERAR MAIS UMAS
4/5 SEMANINHAS. NÃO VEJO A HORA DE TER
MINHA PRINCESA EM MEU COLO!!!
BEIJINHOS E BOM FIM DE SEMANA :)

Sininho disse...

Querida Papoila, a saudade acontece quando as coisas vividas são boas e nos deixam recordações.
Fico contente por a ver de volta com as suas lindas palavras, depois de estar no "quarto escuro".
Muitas estrelinhas aqui lhe deixo para iluminarem o seu Domingo e a sua semana com muito carinho, paz e alegria.
Beijinhos carinhosos.

Brancamar disse...

A saudade é ao mesmo tempo bela e triste, um misto de felicidade e ausência dela, mas feita sempre de bons momentos, de outra forma não seria saudade...
Às vezes pode ser pungente, mas nos habituamos a torná-la doce recordação.
Doces recordações para ti.
Beijinhos

Brancamar disse...

É interessante como em diferentes momentos temos diferentes interpretações. Hoje vi este poema com es´píto diferente daquele que passou por aqui da última vez. Pousei mais nos dois últimos versos e como eu te compreendo...!
Tenho no meu sítio algo parecido.
Desejo-te um Feliz Natal e um Natal para todos os dias.
Beijinhos.
Branca