sábado, fevereiro 17, 2007

A viagem...

Os relógios acertados atormentam o tempo… sensações tomam conta do quotidiano... Um anjo passeia pela pauta da melodia… uma lágrima desliza imperceptível pelo silêncio da alma e a conspiração dos segundos devastadores... Letargia… situação mortal de ideias... descem as colinas para o vale… e do vale as esperanças… Nada se compara ao brilho de uns olhos que nos fixam… nada paga um sorriso... Se avaliassemos um abraço só poderia ter o valor do universo...

BEIJOS

12 comentários:

Jofre Alves disse...

Passo para ver que afinal um abraço pode ter o tamanho do universo, como diz. Como sempre gostei de visitar o blogue, sempre interessante. Óptimo fim-de-semana.

António disse...

Minha querida amiga!
Não vim comentar.
Só te vim dar um xi-coração muito apertadinho.
E saio tão sorrateiramente como entrei.

Isa&Luis disse...

Diverte-te muito neste Carnaval!
Um beijo
Luis

jpg disse...

O tempo, esse inexorável "compagnon de route", que nos leva sempre o que nos dá!

E é no universo que refaremos os abraços, eternos então!

Um bjnh do Jorge

brisa de palavras disse...

Fazia algum tempo que não viajava até aqui..o tempo não me tem sobrado...vim e agora deixo-te simples abraço...com o carinho do universo
um abraço
brisa de palavras

PoesiaMGD disse...

Talvez o universo não chegasse para o comprar!
Um abraço

Catarina disse...

O universo é pequeno para abrigar sentimentos tão grandes.
ha, sorrisos, gestos, olhares que não tem preço nem medida.

Bjtos,

Maria Elisa disse...

Papoila..Adoro a tua prossa,quanto a perder alguém de que se gosta e se adora, sem folgo é triste epara isso não á palavras para curar fridas nem dores e todas as recordações nos atormente ma mente sofrida.
Para ti amiga, que esta falta seja um consolo de um dia o encontrares e lhe dizeres o quanto para ti era importante.
beijo amiga papoila
Maria Elisa

Anónimo disse...

Maravilhoso...........gostei bastante, parabéns!
Deixo um beijinho e votos de um dia de Carnaval bem passado.Intemporal

A MUDANCA disse...

Deixo um beijo grande e lamento a perda do teu amigo...

Beijo

FF

kaldinhas disse...

Em 1º lugar,lamento a partida do teu amigo.Mas esteja ele onde estiver,estará a velar por ti.N há palavras de consolo.

Quanto ao texto,nem sei o que dizer.Tu com tão poucas palavras disseste tanto.Um sorriso,um olhar e um abraço,tudo isso é de graça e vale tanto.
Um beijo grande minha flor viçosa.

APC disse...

... E se o cronometrássemos, ele não teria tempo, ao conter todo o tempo em si. A anacronia do Amor!

Um grande abraço, doc!

PS - Hoje vim por ter saudades.