quinta-feira, março 22, 2007

Carta Perdida...

Posted by Picasa
Em páginas soltas de blocos perdidos escrevo notas… Recordo-te! Escrevo em silêncio para continuar mergulhada no sonho que dá aos teus olhos essa intensa luz… Caminho tranquila mas impaciente por chegar ao refúgio dos teus braços… o meu porto de abrigo… onde espero o sorriso que guardas no bolso... Deixo-te livre… cheio de mistérios… e aproveito todos os momentos em que o teu corpo e o meu recebem a carícia da tua na minha pele e sussurramos nossos nomes mil vezes beijados…As tuas mãos acariciam tocam-me leve… como pétalas de uma flor e o desejo vagabundo esvai-se na entrega de nossos lábios que ao unirem-se nos conduzem ao infinito.

PARA TI UM BEIJO MEU!
BEIJOS!

18 comentários:

jpg disse...

Quanto ao texto, seria repetir-me se dissesse que é boa, romântica e poética.

Saúdo a novidade de Isabel Silvestre, na música de fundo, francamente muito mais do meu agrado do que a Linda de Sousa.

um bjnh. grande.

Crystalzinho disse...

Como é lindo o amor.
Bjs

brisa de palavras disse...

Aqui neste canto sinto-me sempre recebida com um sorriso...Parabéns pelo ano de blog...parabéns pelos belos textos...e também gostei da mudança da música aprecio muito isabel Silvestre.

um abraço
brisa de Palavras

mixtu disse...

beijo...
amor...
notas soltas que o não são...
o beijo não foi soprado...

besitos

su disse...

Obrigado pelo poema em jeito de palavras lá na Teia...não é uma carta perddida, um poema perdida...
As cartas aparentemente perdidas são sempre achadas! Descobertas...

Um beijo grande aqui da Teia.

Um Poema disse...

As palavras nem sempre conseguem traduzir a intensidade dos sentimentos. Quantas vezes não dão senão uma imagem bem pálida dos nossos anseios.

Um abraço

sereia disse...

Amiga Papoila
Vim desejar só um bom fim de semana
beijo:)
Sereia

Maria Elisa disse...

Amiga Papoila,que lindo texto romântico, pois como sempre mulher de paixões a música de fundo muito boa pois adoro ouvir Isabel Silvestre,amiga beijinho e bom fim semana.
Maria Elisa
maripossa.blog.sapo.pt

António disse...

Querida Papoila!
Mais uma estupenda prosa poética com o erotismo inerente a um texto de alcova.
(safa! mas que comentário sofisticado...eh eh)

Obrigado pelo teu "comment" à minha pequena história "Adoramos o papá!".

Beijinhos

o alquimista disse...

De terna sensualidade esta poesia descobre um coração folheado a ouro do mais puro...

Doce beijo

Juda disse...

Vou mais alegre, deixo um abraço...

Sandecida disse...

ola

o amor faz-nos navegar por mares nunca antes vistos... faz-nos sonhar de olhos abertos... faz-nos kerer alcançar o infinito... faz-nos ansiar a hora do reencontro... o amor sandece-nos de uma forma saudavel (axo eu) ....
Parabens pelas 20mil visitas, e pelo aniversário do blog... que venham muitas mais 20mil....

bjos sempre doces

DE-PROPOSITO disse...

As cartas não se perdem, podem não chegar ao destino, mas as palavras foram ditas, embora em alguns casos só para nós. São cartas 'silenciosas', onde se expressam amores ocultos, que nem os deuses sonham.
Fica bem.
Manuel

ANKH disse...

Que bom que gostastes do Símbolo da Vida, és sempre bem-vinda.
Grande Paz!
Ankh

" A Natureza nos mostra em toda a beleza da vida, a prêmio do esforço paciente e corajoso."
(Léon Deniz)

Jofre Alves disse...

Andei fugido devido a muitos afazeres, pois tive que preparar e pronunciar uma palestra e estruturar e fazer uma exposição de fotografias antigas, o que me consumiu muito tempo e impediu de visitar os amigos.

Volto às lides e às visitas, com apreço e estima, e neste caso particular com total satisfação a grande prazer em percorrer esta excelente página. Boa semana.

Entre linhas... disse...

Parab´ns pelo teu ano de blog e que nos continues a presentear com tão belos textos como até aqui.

Bom Domigo

Bjs Zita

NunoSioux disse...

Lindo! É sempre bom descobrir novos "portos de abrigo" como este. Parabens!

paragem breve disse...

Há muito tempo que não vinha aqui, tinha perdido o teu contacto. É com prazer que reencontro este belo cantinho!