segunda-feira, setembro 21, 2009

tempo de outono...

Sentimo-nos presentes no tempo quando olhamos as ondas que murmuram memórias… enquanto ouvimos as nuvens a baixar nas dunas… como a despedirem-se… num abraço profundo ao encontro da vida que pulsa no corpo… Estamos presentes quando olhamos o céu e o sentimos… quando a garganta conta uma estrela e faz sorrir o rio que flui para o mar… quando um ramo se acende no umbral de uma porta que um dia sonhou que era de pedra… Estamos presentes no cair das folhas em castelo, no planeta das cores que dão voltas à sombra quando esperamos juntos o amanhecer.
PARA TI UM BEIJO MEU!
BEIJOS!!

17 comentários:

Brancamar disse...

Belos a tua imagem e o teu texto!
É sempre belo o amanhecer, esperá-lo junto de alguém é ainda melhor.
Gostei desta tua prosa romântica.
Beijinhos

Ana Martins disse...

Olá Papoila,
Parabéns pelo lindo texto em prosa poética, estamos em tempo de Outono, quando o amanhecer se torna mais dourado se amanhecemos ao lado do nosso amado.

Beijinhos,
Ana Martins

rouxinol de Bernardim disse...

Papolia.

Esta prosa tem um inigualável sabor poético...

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Sarava!


Senti o amor quente do por do sol.


beijinhos

Agulheta disse...

Papoila.Como é bom sentir o Por do sol,em braços de amor.Linda prosa poética e sonhadora.
Beijinhos.

Å®t Øf £övë disse...

Papoila,
Pois é, está aí o Outono, e o verdadeiro amor perdura para lá das estações do ano.
Bjo.

Sonia Schmorantz disse...

As vantagens de se ter amigos do outro lado do oceano, é que primavera e outono se tornam músicas que tocam ao mesmo tempo!
beijos

Lilá(s) disse...

Gosto deste Outono com sabor de Verão.
Bjs

Mónica disse...

Lindo texto em prosa e com um pôr do sol lindíssimo. Belissima escolha, parabéns.

Beijinhos

Å®t Øf £övë disse...

Papoila,
Aproveito a minha passagem hoje por cá, para te desejar um bom fds.
Bjo.

Patricia Barros disse...

Olá!!
Que magnífica escrita, que lindo poema para brindar o outono, escreves tão bem...
Passei para ver as novidades, aproveitar também que vou estar em casa uma semaninha. Dani está com uma otite e a dar muito trabalho, estou em pedaços, mas faz parte...
Minha vida está de pernas para o ar, não estou a aguentar tudo isto sozinha, por isso em janeiro deixo de trabalhar e vou ver se arranjo um part time.

Beijinhos grandes e bom fim de semana :)

Sindarin disse...

Olá minha querida amiga! o tempo de Outono é o k me dá mais prazer com a sua melancolia e cores e o tempo mais fresquinho. Um milhão de bjs querida.Bfsemana

Pena disse...

Maravilhosa Amiga Poetiza de sonho:
"...Estamos presentes quando olhamos o céu e o sentimos… quando a garganta conta uma estrela e faz sorrir o rio que flui para o mar… quando um ramo se acende no umbral de uma porta que um dia sonhou que era de pedra..."

"Isto" é de ternura, pureza e beleza imensas.
Extraordinária sensibilidade maravilhosa de encantar.
MUITO OBRIGADO pela sua simpatia.
Deliciosa.
Adorei! Notável. Ímpar.
Imbuído do meu mais respeito e estima gigantescos.
Beijinhos amigos de parabéns sinceros.
Sempre a admirá-la

pena

Linda...!
OBRIGADO!

helia disse...

Lindo Texto e linda foto! O Outono é um tempo em que me sinto um pouco melancólica, mas tem o seu encanto e beleza.

Isamar disse...

Uma escrita poética lindíssima acompanhada de uma imagem a condizer.

Bem-hajas, amiga!

Beijinhos

tulipa disse...

OLÁ AMIGA

Lamento não te ter conhecido no dia da inauguração da minha exposição...Tou triste.

Sabes porquê?
Vives perto e tens a oportunidade de ver outra cultura, outro povo através dos olhos de quem lá esteve...será que vais deixar de ver? Daqui a 8 dias a esta hora, já está desmanchada, é uma pena...
Está aberta ao público todo o dia, mesmo à noite está o Bar da Colectividade aberto até às 23h e podes lá ir, pedes ao Senhor que te deixe subir ao Salão do 2º andar e tens à tua frente outro Mundo - a Índia.

Abraços.
Bom fim de semana.
Vamos votar todos com consciência, para que este pequenino Portugal não se deixe levar na cantiga dos que querem encher os seus próprios bolsos.

Brancamar disse...

Olá Papoilinha, eu sei que o trabalho tem sido muito e o tempo pouco. Eu trabalho na A.R.S. Norte e neste momento tudo que é saúde, com todas as transformações que tem sofrido e escassês de pessoal, faz com que vivamos numa grande pressão e já percebi que o plano de contingÊncia da gripe A te tem dado muito que fazer.
Deixo beijinhos, paz e serenidade que bem precisamos.
Branca