segunda-feira, outubro 05, 2009

Simples contradição...

Simples contradição
distante e convergente...
Só o tempo passa assim !
É como é,
uma miragem... uma ilusão
A idade não diz nada...
Mas a vida que leva os anos
fala por si …
Eles pesam em valor
mais que em quantidade.


PARA TI UM BEIJO MEU!
BEIJOS

16 comentários:

Gui disse...

De facto não é a idade que pesa, mas os anos. E não é o número dos anos, mas o desgaste que eles provocam. Eu qiue o diga. Um beijo querida Papoila e desculpa ausência, mas estes últimos tempos não têm sido nada fáceis.

helia disse...

A Idade diz e muito...Ela pesa tanto!
Mas um Poema e uma foto tão bonitos , fazem-nos esqueçê-la por instantes...

Lilá(s) disse...

que importa a idade ou o peso dela se o poema e a imagem são lindos?
Bjs

Agulheta disse...

É amiga a idade pesa,mas a vida é linda e vamos continuar,a viver amar e lutar,assim será.
Agradeço a visita e amizade.
Beijinho.

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, gostei da foto e do belo poema...Espectacular....
Beijos

Pena disse...

Maravilhosa Poetiza Amiga:
Um simples Contradição divinal.
"...Eles pesam em valor
mais que em quantidade..."

É real. Manifesto. De imensa vivência e envolvência existencial.
Perfeito, como tudo o que faz com um carinho imenso.
Parabéns sinceros.
Adoro tudo aqui. Este tema musical que escuto neste precioso "cantinho" das Artes e da Beleza delicia.
É fabulosa. Linda.
Sempre a respeitá-la e a estimá-la

pena

Brilhante, amiga.
Sempre a apreciar o que divinalmente faz.
Bem-Haja amiga enorme, pela amizade que adoro e preservarei SEMPRE!

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Sarava!

O tempo... esse estraga prazeres!

;)


beijocas

mixtu disse...

a vida passa
passa a vida

o tempo que passa

ainda bem que passa

sinal que estamos vivos

que venha a vida

e o tempo...

abrazo serrano

Deusa Odoyá disse...

Olá minha querida amiga papoila.
A idade e os anos pesam e muito.
Mas vamos viver intensamente , como esse seu poema lindo.
Adorei a foto, linda....
Uma semana de muita paz, amor e luz.
Beijinhos doces da amiga.
Regina Coeli.

Cadinho RoCo disse...

Somos o resultado de sucessivas contradições.
Cadinho RoCo

Zé Povinho disse...

Eu costumo dizer que não estou mais velho mas antes mais experiente. Contradição? Não, complementaridade.
Abraço do Zé

mfc disse...

Se pesam!!
Pesam demais!

poetaeusou . . . disse...

*
Belo post,
,
Miragem
é o outro lado da vida,
indefinida
na incerta ilusão
a quimera,
de dar tempo ao tempo . . .,
,
conchinhas luzentes, deixo,
,

Ana Martins disse...

Grande verdade Papoila, fica a sensação de possuir a faculdade da vida e por isso poder ajudar os mais novos.

Beijinhos,
Ana Martins

AFRICA EM POESIA disse...

hoje deixo para ti o meu vento que é mesmo...um vento especial


O VENTO


Queria ser
O que queria ser?
Queria ser vento...
Para ser livre...
Para te tocar
E te abraçar

E de mansinho
Chegar-me a ti
E sussurrar-te
Como gosto de ti...

E devagar
Devagarinho
Ia-te acariciando
E tu ias notando
Que eu estava aí...

E o vento
Ia crescendo
E mesmo com força
Gostava de o ser...
Para que visses
A força que tenho...

Força do vento
Vento tufão
E queria...
Poder ter-te...
Sempre na minha mão.

LILI LARANJO

Å®t Øf £övë disse...

Papoila,
Realmente a vida tem algumas incongruências.
Bjo.