terça-feira, maio 06, 2008

Por trás da janela...

Antes que as palavras se acabem
a noite caia nas páginas do meu corpo
folheia-me… lê as notas do meu silêncio...
Escuta a voz que grita a tua ausência
adormeço a saudade… sem diminuir a distância…
Antes que a noite se desvaneça
toma conta dos meus desassossegos
não quero disfarces ou o coração mascarado
Não me perguntes pelo caminho ou rumo,
e toma-me em teus braços…
Antes que nenhuma palavra reste
enche de música o silêncio da minha alma
traz-me o brilho das cores, em gestos e carícias…
abre a alma ao brilho do olhar
Amordaço a saudade, a espera, o desejo!
Afasta da minha boca a tormenta
de viver sem sentir teus beijos.
BEIJO MEU PARA TI!
BEIJOS!!!

21 comentários:

Anónimo disse...

Oi!
Saudades da presença de quem amamos é terrivel mas sempre sobrevivem as recordações para o momentos mais solitários.
Beijos

Sofia

Pitanga Doce disse...

Falas da ausência como ninguém.

beijos pra ti.

Carminda Pinho disse...

Por trás da janela, as palavras nunca acabam...
Tu sabes dizê-las como ninguém.

Beijos

Pena disse...

Linda Amiga:
Este: "Por trás da Janela" vive e respira talento, encanto e beleza.
Quando o livro da vida é folheado e, antes, que as palavras se acabem vivem numa entrega majistral de magia doce e terna.
O folheá-lo é um desejo sincero, presente, inequivocamente normal e natural e vive da sua linda magia, lendo as notas do silêncio, amordaçando a saudade, a espera, o desejo.
Um poema, pura e simplesmente, genial concebido pela sua doçura e grandiosa forma de ser/Sentir/Estar.
Gostei muito de ler.
Beijinhos amigos pelo seu imenso talento e pela sua deslubrante expressão poética admirável e bela.

pena
OBRIGADO pela visita e pelas lindas palavras lá expressas. OBRIGADO!

António disse...

Querida Papoila!
Eu estou a tratar de publicar um primeiro (se calhar último, também) livro.
Qualquer dia segues o meu caminho...

Beijinhos

Isa&Luis disse...

Olá amiga Papoilinha.

Deleito-me nesta saudade que se espraia.

Um terno abraço com carinho

Isa

Peter disse...

Papoila

Como sabes, estou com a actividade bastante reduzida. Como tal, tenho o blog à minha disposição apenas de 3 em 3 semanas (uma é do ANT e outra do vbm).
Assim limito-me praticamente a visitar os blogs amigos que nos comentam, como é o teu caso.

Claro que é um "lugar-comum", mas gostei bastante da tua poesia. Sabes bem que é um tipo de poemas que aprecio bastante.

Tudo de melhor para ti,
Peter

Agulheta disse...

Papoila.
Como gostei deste poema " Por trás da janela"como só tu sabes escrever adorei.
Tens no http://poesiadepalavras.blogspot.com.algo para ti com amizade e liberdade.
beijinho Lisa

Cila & Di disse...

É tão bonita a forma como escreve...
Beijo da Cila

Cila & Di disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria disse...

Papoila Amiga QUE BELISSÍMO POEMA!Um beijo.

Zé Povinho disse...

Ausência, saudade e o som dos Madredeus... Haja o que houver, espero por ti...
Abraço do Zé

elvira carvalho disse...

Belo poema. E antes que me vá, deixo os meus votos de bom fim de semana e um abraço

Å®t Øf £övë disse...

Papoila,
Adoro a tua forma de escreveres poesia sobre o amor, e a forma como consegues juntar as palavras de maneira a que elas nos transmitirem sempre uma enorme sensação de carinho e conforto.
Bom fds.
Bjo.

Pena disse...

Doce Amiga:
Hoje, não venho comentar e até merecia dada a beleza do seu terno sentir num poema fabuloso que fala de uma entrega majistral pura e bela.
Venho agradecer-lhe com emoção as palavras simpáticas deixadas lá no meu "cantinho".
É uma admirável e terna amiga. Sincera. Linda.
Beijinhos amigos, linda amiga, repeletos de estima que sabe respeitar.
MUITO OBRIGADO sentido e sincero!

pena

Pena disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sophiamar disse...

"Antes que as palavras se acabem
a noite caia nas páginas do meu corpo
folheia-me… lê as notas do meu silêncio..."

A saudade dói e quando a noite cai ouvimo-la com nitidez. Falta-nos aquele que preenche esse silêncio.

Um lindo poema.

Beijinhos

Bom fim de semana!

Katya disse...

olá passei voando para dar uma olhadinha nas novidades do seu cantinho, desejar um lindo dia das Mães e dizer que tem
presentinho das Mães no meu post


**********(¨`•.•´¨)************
******(¨`•.•´¨).¸..(¨`•.•´¨)*******
*(¨`•.•´` *•. ¸.•´ ** `•.¸.•´ `•.•´¨)***
* `•.¸.•´ ** Beijokas!! **`•.¸.•´****
*******(¨`•.•´¨) (¨`•.•´¨)********
********`•.¸(¨`•.•´¨)..•´*********
*********** `•.¸.•´*************

Menina do Rio disse...

Antes que nenhuma palavra reste eq eu o silêncio nos apavore, eu te deixo um beijo e desejo que tenhas um ótimo domingo

literatura disse...

Gostei do que aqui vi e li. Parabéns! Sensibilidade à flor da pele....
Um beijo

Nana (San) disse...

Eu li tudo e o que mais gostei foi do teu poema "Por trás da janela"... que sensível, dá pra ver a falta que esse alguém que não está presente faz...

Em segundo claro te parabenizo por todos os prêmios!!!


Abraços do Brasil
San