segunda-feira, junho 23, 2008

Na noite de S. João...

Na noite de S .João
vamos todos p’ra folia
lá vamos mão na mão
para a festa até ser dia.
As saias, lançadas
por ancas brejeiras,
voam desgarradas
no ardor da fogueira…
Pernas torneadas,
são belas de ver.
Não param, não cansam;
e pulam, e dançam
sem esmorecer…
Lançou - se um balão!
Dou-te um manjerico…
Quero a tua mão,
lá no bailarico.
Os moços ligeiros,
são leves, nervosos…
Têm olhos matreiros
e jeitos dengosos...


As faces, em todos,
reluzem prazer
honestos os modos,
e os corpos a arder…
Os braços se erguem,
em arco no ar
repuxam, emergem
os peitos a arfar...


Vai tudo em remoinho,
tudo em rodopio.
São alhos, são cravos,
e pernas... e braços.
Lá vão pés a fio
Grande é a alegria.
Rapazes dançai !
E moças também.
A noite gozai...!
Que o dia, lá vem!
BOM S. JOÃO!
BEIJOS
Imagens "roubadas" na net...
Texto "reciclado" dos arquivos...

13 comentários:

Agulheta disse...

Papoila.Obrigado pela partilha,mas uma ligeira saudade,se acercou de mim,da minha Cidade,este ano não foi aí não pode,mas que os meus amigos sejam felizes na noite mais longa e de folia que é o S. João do Porto.
Beijinho de amizade Lisa

soslayo disse...

Papoila:

Ó que lindo S. João
Que é no Porto o seu explendor
Diverte-te amiga em seu redor
Com todos os seus pormenores!

Linda Festa que é a tua
Bem gostaria de aí estar
Estarei concerteza em espírito
Até que um dia, pessoalmente possa
O S. João do Porto gozar!

Um belíssimo S. João para ti e um grande beijinho.

Ana Martins disse...

As Festas dos nossos Santos Populares são sempre maravilhosas.
Um bj. e parabéns,
Ana Martins

Pena disse...

Linda Amiga de sonho:
Que imagens tão significativas de alegria e encanto do "seu" S. João.
Palavras lindas. Maravilhosas. Doces que as acompanham. Expressa-as com uma convicção poderosa e ENORME.
Uma atitude brilhante de uma pessoa linda e digna da sua bela cidade.
OBRIGADO pela sua amizade e um Excelente S.João maravilhoso numa pessoa maravilhosa e perfeita.
As palavras que escreveu são significativas da beleza do S.João e da seu imenso encanto.
Divirta-se, é o que lhe desejo.
Beijinhos amigos
Sempre a admirá-la

pena

O Guardião disse...

O S. António já passou, o S. João também, venha o S. Pedro e mais festa. A depressão tem que ter uma pausas a bem da sanidade mental de todos nós.
Estou a ver se ainda como mais umas sardinhadas e que se dane o "castrol".
Cumps

rendadebilros disse...

E reciclado e aqui recordado bem a propósito, porque , lá diz o ditado velhinho, tristezas não pagam dívidas, e quem canta ( acrescentarei eu quem dança) seu mal espanta... e outros mais que poderíamos recordar... a ver se o "astral" muda para melhor...que ficar a carpir crises não muda nada...
beijos.
(vamos lá ver se a papelada "acalma" e venho mais assiduamente... que tenho saudades...

Sophiamar disse...

Eu gosto do S. João
E de dançar no bailarico
E o amor do meu coração
Ofereceu-me um manjerico

Dancámos nas Fontainhas
Passeámos na Ribeira
Também comemos sardinhas
E saltámos a fogueira

Ainda fomos aos Aliados
Ver o fogo de artifício
Foram momentos bem passados
Nesta festa que é um vício.

Beijinhos

maresia_mar disse...

Olá

deixo-te um beijo ainda com cheirinho a S. João

Menina do Rio disse...

Adorei a festa, as imagens, a poesia!

Hoje passo pra te convidar pra uma festa especial lá em casa.

Beijinhos

Zé Povinho disse...

Depois de uns dias sem abrir o pio, lembrei-me que lá fora o tempo já está bom, e que até há festa. Vou aproveitar, que preciso de arejar as ideias.
Abraço do Zé

Å®t Øf £övë disse...

Papoila,
Adoro a noite de S.João, porque é sempre uma noite especial, aquela noite, a noite do Porto. Infelizmente este ano chuveu, o que acabou por atrapalhar um pouco os festejos.
Bjo.

Deusa Odoyá disse...

Oi minha estimada amiga Papoila.

Que linda festa aí em seu país.
aqui nos no Brasil também comemoramos com muitas brncadeiras e comidas.
A sua poesia muito linda e sublime.
Adorei tudo que está aqui.

beijos da amiga do lado de cá.

Regina Coeli.

Te aguardo mais vezes em meu cantinho.

suruka disse...

Viva o POVO
vivam as festas populares.