quinta-feira, setembro 06, 2007

Oração da serenidade

Há dois dias por semana que não nos devem preocupar… dois dias que não nos devem causar qualquer tormento ou medo...Um, é Ontem… com erros e dúvidas… com fraquezas e desvios… com penas e atribulações…Ontem passou para sempre… está fora do nosso alcance…nem todo o ouro do mundo nos poderia devolvê-lo… Não se pode desfazer nada do que se fez… não se pode apagar nem uma das palavras que se disse...Ontem passou e nunca mais volta…

Outro dia que não deve preocupar-nos é Amanhã com as suas possíveis adversidades… dificuldades… vicissitudes… as suas promessas ou decepções… Amanhã está fora do nosso alcance... Amanhã o sol vai acordar…resplandecer num límpido céu azul… ou esconder-se atrás de densas nuvens… mas vai nascer... Não podemos dispor de Amanhã… Amanhã está por nascer!

Só nos resta um dia… Hoje! Qualquer pessoa pode enfrentar os problemas de um só dia e manter-se em paz.


"Que a luz me conceda serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, a capacidade de transformar as que possa, e sabedoria para apreciar a diferença..."



BEIJO MEU PARA TI!
BEIJOS!!

31 comentários:

Mãe e filho disse...

Oi. Realmente o ontem, nada mais poderemos fazer, o que passou passou, mas o ontem pode-nos ajudar a não comenter os mesmos erros, o amanhã tamb´m é outro tempo que não se pode fazer nada, mas sempre podemos tentar que o amanha seja melhor que o ontem. beijos.

impulsos disse...

O ontem já lá vai
O amanhã ainda virá
É do hoje que vamos falar
O preciso instnte em que estmos a viver o presente
O que nos enche os olhos e a alma
Agora... neste momento

Sei que já há algum tempo não passava por este campo, onde a papoila planta a sua poesia...

Beijinho

Poliedro disse...

Amiga doce:
Parecem-me conselhos sóbrios e sensatos.
Todos precisamos um pouco deles, por isso, são sempre bem-vindos e agradecidos com apreço e gentileza.
Adorei!
Ficou registado no que sou e sou muito pouco.
Um Bem-Haja de fascínio
pena

Joaquim Caeiro disse...

A capacidade de amar, sente-se na presença absoluta do ser em cada momento do dia!
A capacidade de sonhar, vê-se em cada palavra, e em cada atitude enviada para o Universo!
A capacidade de 'Ser', encontra o seu equilibrio quando temos consciência que vivemos num 'não tempo'!
Vivamos o agora apenas...
Namasté!
JC

Carminda Pinho disse...

Papoila,
O meu lema é esse.
Um dia de cada vez.
Umas vezes consigo, outras nem por isso.Vou aproveitar a oração.
Beijinhos

Miudaaa disse...

Olááá Papoila.Que bom seria que todo o ser humano, conseguisse parar um minuto todos os dias ao acordar e pensasse no que acabei de ler. A vida não é complicada, nós é que a complicamos, mesmooo. Hoje é Hoje. Hoje é dia de pensar correcto.

Um beijo da miudaaa na tua boxexa direita.

Papoila disse...

Papoila
a maior parte das nossas preocupações são mesmo com o amanhã. A incerteza do amanhã faz-nos angustiar.

Beijinhos
BF

wiLey_Lewis disse...

Não podemos modificar o passado nem prever o amanhã, mas o presente está sempre dependente deles, seja pelos erros cometidos, ou pela tentativa de não os voltar a cometer.
Gostei muito deste texto, está muito bem escrito.

Sandecida disse...

ola

hoje não podia concordar mais contigo... sabes existe uma frase de Dalai Lama que é assim "Só existe dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã, portanto hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver." e sigo-a como um principio vital... porque acho que nada pode ser mais acertado e verdadeiro...

bjos sempre doces

Monika disse...

Oi miguita. Que belo post. O ontém já lá vai, o futuro só a Deus pertence e o hoje...aproveita-o ao máximo, cada minuto, segundo, pois o amanhã é incerto!
Linda se poderes passa no meu blog...tenho lá uma notícia.

Beijocas grandes e bom fim de semana

Anónimo disse...

Amiga Papoila. Adorei este post,que nos faz pensar um pouco do que somos,já pensei doutra forma,mas agora um dia de cada vez,pois acordar vivo olhar para o Céu ver as estrelas a vida das crianças e tantas coisas bonitas tenho de agradeçer,ter estes amigos virtuais,mas que não deixam de ser aqueles que vimos aqui todos os dias dizer um olá e ver se está tudo bem,pois isto é vida.
Beijinho amiga e bom fim semana.Lisa

Paulo Sempre disse...

A vida não recua, e não se retarda no ontem.
Que a "inclinação" da vida, seja para a serenidade!
Beijos
Paulo

Maria Elisa disse...

Papoila o comentário antes é meu da Maria Elisa,não é anónimo foi por lapso,desculpa.maripossa.blogs

Sindarin disse...

Olá boa e querida amiga! Que bem me faz ler-te. Que bom é ter-te sempre comigo. Um grande beijinho cheio de carinho. Bfsemana

zé (do beco) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
zé (do beco) disse...

Ai Papolila, que bom que era se fosse assim tão simples esquecer as feridas do ontem e serenar perante as incógnitas do amanhã. Que bom se tivéssemos um interruptor (o tal de que eu já falei uma vez) e pudéssemos desligar quando quiséssemos.
Viveríamos mais serenos, sem dúvida, mas então e para onde é que iam as saudades e as emoções? Isso não nos tornaria iguais a um móvel ou um candeeiro, que depois de desligado da função para que foi fabricado, fica para ali, indiferente e "apagado", sem sequer dar pela passagem do tempo, sem se aperceber que para além da sua luz mortiça de candeeiro, todos os dia nasce uma luz mais forte e bela que já iluminava o Mundo ontem, muito antes de alguém ter inventado os candeeiros e que vai continuar a iluminar-nos por todos os amanhãs que hão-de vir?
Nã, essa existência de candeeiro apagado, sem passado nem futuro, não é lá muito entusiasmante (eheheh).
Beijos e bom fim-de-semana.

Meg disse...

Fazer de cada dia um compartimento herméticamente fechado... é teoria, Papoila.
A diferença entre a razão e o coração. Tentamos, mas na maior parte das vezes não conseguimos
Mas tentamos.
Beijinhos

Peter disse...

Até amanhã.

Å®t Øf £övë disse...

Papoila,
E como o dia de hoje está mesmo no seu inicio tenho ainda 23 horas pela frente para me preocupar...
Bom fds.
Bjo.

Gui disse...

Que belo tema para meditação. Se todos nos capacitássemos desta verdade seriamos todos muito mais felizes. Vivemos atormentados pelo que não conseguimos ontem, e por saber se o conseguiremos amanhã. E se tentássemos hoje? Um beijo minha amiga. As visitas ao teu blog deixam-se sempre algo para nos enriquecer um pouco mais. Obrigado por isso.

P@tty disse...

Oie!!!!!
Estou passando rapidinho para
desejar um fim de semana muito feliz :)
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` *
*´¨)♥BEIJOSSSSSS*♥
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` **♥♥

Catarina Duarte disse...

Tens toda a razao!


Beijinhos*

J.G. disse...

Desta vez não concordarei na plenitude.
Entendo que o amanhã, não se podendo prever, não está totalmente fora do nosso alcance.
Podemos, no mínimo, prepararmo-nos para o enfrentar com tranquilidade e mais sabedoria.

um abraço

Rhiannon disse...

Hoje!,deixo aqui o meu beijo para ti, sabendo que o Amanhã vai nascer.

Paula Raposo disse...

Sem dúvida!! Tenho à minha cabeceira a frase que está a bold, num quadro...só que ainda não aprendi. Beijos.

Barão Van Blogh disse...

Sou novo nestas lides ...

Aqui deixo o convite para que visitem o meu espaço .

"Ao lado de cavaleiros eu seguia
Terras de mil cores conquistar"

Bom fim de semana .

joão oliveira disse...

ola Maria.
Hoje é o dia, ontém já é passado e amanhã já é outro dia.
Temos que viver o dia de hoje.
beijinhos, bom fim de semana

Fernanda e Poemas disse...

Papoila, lindo o teu texto.
A grande verdade da vida, está aqui escrita.
Adorei!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Bom fim de semana.

Beijinhos com sabor a mar.

Fernandinha

Sol da meia noite disse...

Concordo inteiramente contigo...
O ontem ficou para trás, o amanhã nem sequer ainda existe...
Vivemos momento a momento... agora, neste momento...

Deixo um beijinho!

rendadebilros disse...

E eu apreciei a tua companhia...
Que bela reflexão nos deixas... com serenidade e sabedoria...
Beijos...

António disse...

Querida Papoila!
Uma boa oração.
Aprecio muito a tua religiosidade...

Beijinhos